Celebrante de cerimônia de casamento

celebrante de casamento e o casal de noivos no altar
Celebrante de casamento e o casal

É comum confundirem as funções da cerimonialista com as do celebrante, porém, ambos possuem papéis muito distintos.

A cerimonialista (assessor de eventos) é a profissional que atua nos preparativos, durante a cerimônia, e na recepção. Cuidando da organização e aplicação dos protocolos e etiqueta.

O celebrante é a pessoa que conduzirá a cerimônia, sendo responsável pelo rito escolhido para o tão esperado sim.

A cerimônia é um dos momentos mais importantes e impactantes em um casamento. É na cerimônia, onde os noivos trocam seus votos e firmam o compromisso de começar uma nova vida.

O primeiro passo é definir que tipo de cerimônia o casal deseja ter, que tenha a identidade de suas crenças pessoais e familiares, e que traduza exatamente a personalidade de ambos.

4 tipos de celebrantes para casamento

Atualmente, os noivos podem contar com 4 tipos de celebrantes: religiosos, ecumênicos, agnósticos e juiz de paz.

Religiosos

São cerimônias realizadas por pastores, padres, rabinos.

Eles seguem ritos pré definidos de acordo com cada religião, e muitos não podem realizar celebrações fora dos templos e igrejas onde atuam.

Ecumênicos

Estes profissionais realizam cerimônias de orientação religiosa, mas sem seguir ritos pré definidos. Costumam ser procurados por casais que possuem religiões diferentes.

Eles fazem celebrações personalizadas, que evoquem todo o significado do momento.

Agnósticos

São celebrantes que não possuem vínculo com qualquer religião ou crença, não seguem liturgias, realizando celebrações neutras. Normalmente são artistas, jornalistas, professores, entre outros profissionais, que em algum momento se apaixonaram pela realização de um casamento humanizado.

Juiz de Paz

É um magistrado nomeado pela Secretaria de Justiça, que possui poderes para realizar o Casamento Civil. São procurados por casais que não desejam realizar um casamento religioso. Alguns juízes estão se especializando em celebrações personalizadas de acordo com o pedido do casal.

Detalhes importantes na hora da escolha

Após definir o tipo de cerimônia que desejam realizar, marquem um encontro com a pessoa escolhida para celebrar seu casamento.

Definam com ele o que exatamente desejam para esse momento tão importante.

Personalizar é a palavra do momento.

Então aproveite para criar uma celebração que consiga traduzir todo o amor que sentem um pelo outro.

O discurso de um bom celebrante pode deixar o acontecimento ainda mais especial.

Na hora da escolha, não se esqueça de observar a empatia do profissional com os noivos, pois, esse é o ponto fundamental para conseguir captar a essência do casal.

Um bom celebrante consegue controlar o nervosismo dos noivos.

Independentemente do celebrante escolhido para o casamento, o momento da cerimônia deve celebrar o casal, a alegria, a emoção, e principalmente o amor que há na relação.

Sobre o efeito civil

Fizemos uma liva no instagram com o celebrante Luiz Miranda, e aqui segue um vídeo extraído da live, super bacana, onde ele explica sobre o efeito civil.

Esperamos que você tenha gostado desse post.

Um beijo e até a próxima

Edna Simões

Edna Simões

Coordenadora de eventos e gestora financeira. Coloca amor em tudo o que faz. É a mascote da Jullar Assessoria.

Deixe um comentário